Deve recompensar as pessoas por fazerem denúncias?

Recompensar financeiramente os seus funcionários pode parecer um passo lógico a dar quando pensa em formas de aumentar a probabilidade de fazerem denúncias. Proporcionar uma recompensa em dinheiro pode representar um incentivo mais tangível para as pessoas que se sentem inseguras no que toca a expressar as suas preocupações. Se as recompensas aumentarem o número de denúncias, não será esta uma opção a considerar?

No entanto, é importante saber se é este o incentivo através do qual quer que as pessoas sejam motivadas a fazer denúncias.

Enquanto organização, pretende que os seus colaboradores sejam honestos e sinceros quando expressam as suas preocupações. Ao longo dos nossos anos de experiência na área, descobrimos que, se alguém realmente acredita que algo está errado, esse alguém vai denunciar a situação, independentemente da possibilidade de obter uma recompensa. Por outras palavras, se existir uma possível recompensa, é provável que a decisão de fazer a denúncia passe de “fazer a coisa acertada” para um conflito entre custo e benefício. Do ponto de vista do benefício, poderia fazer sentido esperar para denunciar algo, até que se torne num assunto muito grave (aumentando assim a hipótese de uma recompensa). Isto é, naturalmente, prejudicial para o objetivo de ter um mecanismo de comunicação de denúncias em vigor: detetar a má conduta o mais rapidamente possível.

Acreditamos firmemente que dar aos seus funcionários a sensação de que podem falar de forma livre e anónima sobre as infrações detetadas é essencial para criar uma cultura SpeakUp aberta. As recompensas em dinheiro não incentivarão os seus funcionários da maneira correta. Em vez disso, as empresas devem apostar na coragem social. Isto implica encorajar as pessoas a falar por razões morais, ou seja, porque acreditam genuinamente que algo está errado. O resultado final será um ambiente de trabalho aberto e mais cooperativo no qual as pessoas se sentem à vontade.

Fale com os nossos especialistas

Quer saber mais, debater ideias ou partilhar opiniões?

Contacte-nos

Share this page